Michel Teló faz show eletrizante no maior público da EXPOJIPA 2014

Versátil, simpático e talento musical surpreendente. Essas são algumas características da apresentação eletrizante do cantor Michel Teló na noite deste sábado no penúltimo dia da Expojipa. O evento recebeu o maior público da 35ª edição da feira agropecuária de Ji-Paraná.

 O artista iniciou o show cantando o seu principal sucesso da atualidade “Amiga da minha irmã” e em seguida cantou o seu principal sucesso da carreira “Ai, se eu te pego” nas versões nacional e internacional. No decorrer do show Michel Teló cantou seus principais sucessos desde que iniciou carreira solo em 2010 e também sucessos do grupo tradição.

 No meio do show Michel Teló assumiu a bateria de literalmente “destruiu” com um solo levando a galera ao delírio. A parti daí o cantor usou o seu talento musical e versatilidade para tocar vários ritmos.

 Para quem curte funk, Michel cantou show das poderosas de Anitta e beijinho no ombro de Valesca Popozuda.

 No ritmo Arrocha o artista cantou “Vai no cavalinho, MPB rolou Tim Maia e outros ritmos como Dance Music, axé e Country Americano.

FONTE: Portal Rul

Estrutura de palco e sonorização foi um dos grandes investimentos da EXPOJIPA 2014

A 35ª edição da Expojipa encerra neste domingo após a apresentação de quatro grandes atrações sertanejas, show de prêmios com o sorteio de quatro veículos e rodeio profissional de alto nível.

 Uma das inovações desta edição foi a contratação da estrutura de palco e sonorização que contou com qualidade expressiva na iluminação, telões de led e som profissional compatível a mega festa.

 A empresa que realizou este serviço nos nove dias da feira, Dj Hugo Romero,  foi elogiada por vários artistas e pelo locutor oficial do rodeio da Expojipa 2014 Waltinho dos Santos.

FONTE: Portal Rul

Hotelaria comemora o rendimento com a festa

B2 - abre - hotelaria copy“A Expojipa 2014 está sendo a melhor edição dos últimos cincos anos”. Este foi dos depoimentos feitos ao Diário da Amazônia por proprietário de hotel sobre o movimento antes e durante a Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Expojipa). Na média a ocupação de quartos/apartamentos cresceu 10% em relação ao mesmo período de 2013.

O aumento do movimento na hotelaria de Ji-Paraná começou, antes mesmo, do início da festa com a chegada de muitas pessoas que vieram trabalhar diretamente na instalação dos estandes e outras áreas. No primeiro final de semana com a abertura oficial através da tradicional cavalgada, praticamente todos os hotéis da cidade tiveram dificuldades em atender à grande demanda.

“Procuramos organizar uma Expojipa com objetivo de contribuir no crescimento de todas as áreas possíveis do nosso município, desde o ramo de alimentação até a hotelaria. Esta informação deixa todos nós satisfeitos e mostra a seriedade que a gestão do nosso presidente, Carlos Lyra colocou em prática”, declarou Sérgio Souza, diretor executivo da Associação Rural de Rondônia (ARR). Para o empresário e ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná, Alexandre Dartiballi mesmo antes do encerramento da Expojipa é possível que o aumento no movimento do Máximu’s e Máximu’s Slin hotéis passou dos 10% em relação ao mesmo período do ano passado. “Esta é a melhor Expojipa dos últimos três anos”, garante.

Outro que comemora a boa festa é Evandro Bernardi do Amazon Plazza. Segundo ele, o maior pico de movimento acontece nos dois finais de semana. “Especialmente este ano fomos surpreendidos, positivamente, com esta grande procura”, afirmou.
O funcionário do Larison Hotéis, Ramon de Souza lembrou que três dias antes da abertura da festa country já não havia mais vagas. “Tivemos que nos desdobrar para conseguir atender o nosso público. O resultado desta Expojipa dever ser comemorado.” lembrou.

Desenvolvimento em todos os setores

Outro satisfeito com a festa country ji-paranaense é o empresário do ramo, Evandro Bernardi, do Amazon Plazza. Para ele, este foi o melhor resultado obtido dos últimos cinco anos. “A Expojipa a exemplo da Rondônia Show Rural e outros eventos mostra que devemos ampliar os serviços, não somente nos hotéis, mas também na área de alimentação, confecção e outros”, disse.

Conforme Alexandre Dartiballi, nos últimos anos, Ji-Paraná voltou à rota do desenvolvimento e a feira está mais sólida. “Vemos empresas vindo para Ji-Paraná. Estava conversando com o dono de uma concessionária hoje (ontem) sobre a satisfação da repercussão da marca dele na região Central. Sobre a festa, estamos vendo a volta da família no final de semana vindo ver os shows. Estou na hotelaria há 28 anos, participei do desenvolvimento, decadência e agora estou vendo a retomada do setor”, salientou Dartiballi, que ainda completou dizendo que “o faturamento ainda não está igual a oito anos, mas houve um crescimento. O município está com a base mais sólida e a Associação Rural de Rondônia também”.

J. Nogueira – Repórter do Diário da Amazônia – Foto: Divulgação

FONTE: Jornal Diário da Amazônia

Tecnologia no campo é meta do circuito ExpoCorte

B1 - abre - EXPOCORTE copyO Circuito ExpoCorte já tem marcado para os dias 17 e 18 de setembro de 2014 uma nova edição com etapa em Ji-Paraná. O evento será realizado pela 2ª vez no Parque de Exposições Hermínio Victorelli. O lançamento ocorreu na última quinta-feira, durante a 35ª Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial (Expojipa). A proposta do ExpoCorte, que já ocorreu em Cuiabá (MT), Campo Grande (MS) e, tem novas agendas para outubro em Araguaína (TO) e novembro em Uberlândia (MG), propõe disseminar a tecnologia e incentivar discussões para tornar a atividade pecuária produtiva e, sobretudo, eficiente.

A organizadora do Circuito ExpoCorte, Carla Tuccilio, explicou que o evento surgiu a partir de uma realização que era promovida em São Paulo (SP). Dentro dele, existiam vários workshops e congressos. “Daí muitos agricultores sugeriram que as informações fossem levadas para fora de SP para que outros pudessem ter informação de qualidade. A partir de então foi criado o Circuito. Escolhemos alguns Estados polos da pecuária, como Rondônia, e rodamos o País durante o ano”, falou.

O tema da edição de 2014 será “Como conseguir o máximo de minha propriedade?”. Carla falou de que a abordagem do assunto veio a partir de percepções recebidas de outros debates. “Ele funciona como uma ferramenta para tirar dúvidas do produtor e depois ele aplica a tecnologia e o negócio cria sustentabilidade”, ressaltou. Informações podem ser obtidas no site www.circuitoexpocorte.com.br e https://www.facebook.com/expocorte.

Motivação para os criadores

O projeto é idealizado pela Verum Eventos, em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri) e ARR. “O evento é de grande valia aos criadores em busca de tecnologias. Avanços aconteceram desde o ano passado, com o destaque na mídia nacional e o aumento da exportação. A expectativa é que haja motivação aos criadores para que permaneçam no ramo que representa 1/3 da nossa economia”, falou o assessor especial da Seagri, Adilson Pereira.

Rondônia ocupa o 8º lugar no ranking nacional

Durante a cerimônia de lançamento, foi informado que Rondônia ocupa o 8º lugar no ranking nacional da pecuária e 4º lugar em exportação de carne bovina. “O evento é uma boa sinalização, pois sabemos que precisamos de qualidade e rentabilidade. A ExpoCorte preconiza as duas coisas, na propriedade. O Estado é um grande produtor de carne. Agora precisamos produzir mais em áreas menores e ter qualidade melhor, pois já entramos na ‘era da exportação’, pois já destinamos produtos para a Rússia, Estados Unidos da América (EUA) e a União Europeia já estão com comissões olhando os frigoríficos de Rondônia. Temos tudo para deslanchar daqui para frente, com o aumento da produção e assim crescer cada vez mais”, expôs o senador da República Valdir Raupp (PMDB).

Etiene Gonçalves – Repórter do Diário da Amazônia – Foto: Fábio Souza

FONTE: Jornal Diário da Amazônia

Após 2 anos, Breno Reis e Marco Viola voltam à Ji-Paraná e lotam show

Dupla Breno Reis e Marco Viola se apresentaram em Ji-Paraná na noite desta sexta-feira (Foto: Mônica Santos/G1)Dupla Breno Reis e Marco Viola se apresentaram em Ji-Paraná na noite desta sexta-feira (Foto: Mônica Santos/G1)

Pela terceira vez em Ji-Paraná, a dupla Breno Reis e Marco Viola atraiu um público de mais de 15 mil pessoas na noite deste sábado (11) na 7ª noite da Exposição Agropecuária do município, a Expojipa. Com canções animadas, os sertanejo agitaram o público por mais de uma hora e meia de show.

As canções ‘Alma Gêmea’ e ‘Inquilina de Violeiro’ foram as escolhidas para abrirem a apresentação. Em entrevista ao G1, Breno Reis falou da alegria e emoção de reencontrar o público de Ji-Paraná. “Há dois anos não vínhamos a Rondônia e passar por esse estado e maravilhoso. O publico é sempre  acolhedor e nos recebe de braços aberto. Isso nos faz muito feliz”, diz Reis.

Marco Viola também elogiou o público rondoniense e salientou o carinho dos fãs. “Por onde passamos estamos sempre rodeado de muita gente que gosta das nossas musicas, estava com saudade de voltar aqui”, finaliza Marcos Viola.

A dupla foi formada em 1997 e iniciou, na região no Mato Grosso, um movimento de valorização da viola caipira, mas de forma modernizada, conquistando público de todas as idades em todas as regiões do país. Ao todo, a dupla tem oito CDs lançados.

FONTE: G1 Rondônia